(início)   (sobre nós)   (guiões)   (cibercursos)   (dicionários)   (FAQ)   (equipa)   (contactos)   (acesso)
ACESSO PESSOAL



Take a look at our new courses here

Bookmark and Share

GUIÃO DE AULA

(descarregar PDF)

Ano: 9.º

Funções sintáticas: complemento direto, complemento indireto e complemento oblíquo

Principal competência visada: CEL

Objetivo(s):
• Identificar as funções sintáticas.

Passo 1. Revisão dos testes que permitem identificar os constituintes com a função de complemento direto. (Anexo 1)

Passo 2. Seleção dos testes certos para identificar os constituintes com a função de complemento direto.
Resolução do exercício Identifica complementos do verbo - complemento direto (2).

Passo 3. Identificação dos constituintes com a função de complemento direto.
Resolução do exercício. Identifica complementos do verbo - complemento direto (1).

Passo 4. Revisão dos testes que permitem identificar os constituintes com a função de complemento indireto. (Anexo 2)

Passo 5. Seleção dos testes certos para identificar os constituintes com a função de complemento indireto.
Resolução do exercício Identifica complementos do verbo - complemento indireto (2).

Passo 6. Identificação dos constituintes com a função de complemento indireto.
Realização do exercício Identifica complementos do verbo - complemento indireto (1).

Passo 7. Revisão dos testes que permitem identificar os constituintes com a função de complemento oblíquo. (Anexo 3)

Passo 8. Em pares, os alunos redigem frases com complementos oblíquos.

Passo 9. Registo das frases no quadro. Alunos identificam os complementos oblíquos com o recurso aos testes sintáticos já relembrados.

ANEXO:

1.

Os testes para verificar qual o constituinte com a função de complemento direto são:

1. A resposta à pergunta "Sujeito+Verbo+o quê?" é o complemento direto.

2. Possibilidade de substituição do complemento direto pelo pronome pessoal "o", "a", "os" ou "as".

Exemplo: A Ana comeu um gelado.

Complemento direto: um gelado.

Testes:

1.A Ana comeu o quê? Um gelado.

2.A Ana comeu-o.

2.

Os testes para verificar qual o constituinte com a função de complemento indireto são:

1.A resposta à pergunta "Sujeito+Verbo+a quem?" é o complemento indireto.

2.Possibilidade de substituição do complemento indireto pelo pronome pessoal "lhe" ou "lhes".

Exemplo: O João escreveu uma carta à Maria.

Complemento indireto: à Maria

Testes:

1. O João escreveu uma carta a quem? À Maria.

2. O João escreveu-lhe uma carta.

3.

Os testes para verificar qual o constituinte com a função de complemento oblíquo são:

1. Impossibilidade de um constituinte com a função de complemento oblíquo ocorrer numa frase interrogativa com a forma "O que é que SUJEITO fez OBLÍQUO?" ou "O que é que aconteceu a SUJEITO OBLÍQUO?".

2.Impossibilidade de substituição do complemento oblíquo pelo pronome pessoal "lhe" ou "lhes".

Exemplo: O João foi ao Porto.

Teste:

1.*O que é que o João fez ao Porto? Foi.

2.*O João foi-lhe.